Ouça a Rádio Alvorada

Play
Pause

24 de April de 2024

Ouça a Rádio Alvorada

Play
Pause

Presídio em Cruzeiro do Sul recebe reforço de 15 homens da Segurança

Compartilhe:

Presos foram isolados, mas Secretaria não sabe números concretos.
Medida é uma ação preventiva para evitar rebeliões na cadeia.
 
Dando continuidade às revistas nos presídios do Acre, a Segurança Pública do Estado fez uma visita ao presídio Manoel Neri da Silva em Cruzeiro do Sul. Durante a inspeção, o secretário da pasta, Emylson Farias, anunciou que a unidade teve o reforço de 15 homens da Polícia Militar e Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC). Farias destacou que essa é uma ação preventiva para se antecipar a possíveis rebeliões dentro do presídio.
As medidas foram tomadas devido à rebelião que deixou 60 mortos em Manaus (AM) e a morte de 33 presos na madrugada de sexta-feira (6) na maior penitenciária de Roraima (RR). No Acre, uma rebelião em outubro de 2016 deixou quatro mortos e 19 feridos.
“É uma medida preventiva. Temos atuado desde o ano passado, trazendo todo o sistema de Segurança Pública para que a gente avalie e verifique se há necessidade de uma reformulação dos homens aqui. Mas, claro, que sempre em estado de alerta”, destacou.
O secretário também anunciou que a Polícia Militar da cidade recebeu armamento e outros itens de segurança. “O sistema prisional é caótico e é preciso ter mais atenção”, enfatizou.
 
Isolamento
O diretor do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Martin Hessel, também confirmou que houve isolamento de líderes de facções criminosas na cidade, porém, a Segurança não sabe especificar quantos presos foram separados.
“A gente pode dizer quem em Cruzeiro do Sul temos a situação controlada, a gente sabe da existência dos grupos criminosos e a separação é feita conforme o regime da pena. A gente fez a separação física dessas pessoas, recebemos um mais um raio-X, mais raquetes e isso na questão da fiscalização de quem entra no presídio”, destaca.
Hessel pontuou que os equipamentos ajudam a evitar a entrada de materiais ilícitos no presídio e acredita que o isolamento dos presos vai manter o controle na unidade. “A gente sabe que existem líderes dessas facções em todos os locais do Brasil e aqui não seria diferente. Os presos isolados serão identificados e vamos colocá-los à disposição da Justiça”, finalizou.

Compartilhe:

Leia mais

Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil
Arma apreendida
Passaros apreendidos
Ambulancias
UFSB
Acessibilidade Bombeiros

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados