Ouça a Rádio Alvorada

Play
Pause

17 de June de 2024

Ouça a Rádio Alvorada

Play
Pause

“Dia Nacional da Alfabetização” 14 de Novembro

Compartilhe:

“A alfabetização é um direito fundamental de todo indivíduo, além de permitir que as pessoas possam desenvolver-se cognitivamente, conquistando sua própria autonomia. Assim, essa data é um momento de lutar por políticas públicas que combatam o analfabetismo e valorizem o profissional de educação.”

“O Dia Nacional da Alfabetização é uma data comemorativa celebrada anualmente no Brasil em 14 de novembro. Essa data procura reforçar a importância da alfabetização no desenvolvimento pleno do indivíduo, sendo também um direito básico de todo ser humano. Foi criada em 1966.

A data escolhida para celebrar o Dia Nacional da Alfabetização leva em consideração o Decreto nº 19.402, estabelecido no governo provisório de Getúlio Vargas. Esse decreto estabeleceu a criação do Ministério dos Negócios da Educação e da Saúde Pública. Sendo assim, o Dia Nacional da Alfabetização é celebrado como homenagem a um acontecimento importante da educação brasileira.

Atualmente, esse ministério criado pelo governo de Vargas em 1930 é conhecido como Ministério da Educação (MEC), responsável por coordenar a educação no Brasil.”

“O Dia Nacional da Alfabetização é uma data de grande importância, pois reforça a necessidade de garantir acesso de toda a população à alfabetização como meio de transformação de vidas e, ainda, como elemento que dignifica o ser humano, dando a ele a possibilidade de sua emancipação e de autonomia.

A alfabetização é uma das etapas cruciais para o desenvolvimento cognitivo de uma pessoa, dando-lhe meios para garantir seu desenvolvimento intelectual, pessoal e profissional também. A alfabetização, ainda, permite que um ser humano possa desfrutar de maneira plena de sua cidadania, podendo estudar, analisar e defender os seus interesses. É importante pontuar que a falta de acesso à alfabetização não retira a cidadania de um indivíduo.

Além disso, tão importante quanto saber ler aquilo que lhe é proposto, é saber interpretar o que foi lido. Isso porque os educadores entendem que um dos grandes problemas presentes em nossa sociedade é a dificuldade de interpretação textual que muitas pessoas possuem. Isso é reflexo de uma alfabetização realizada de maneira inapropriada, sendo conhecida como analfabetismo funcional.

A celebração do Dia Nacional da Alfabetização é também um momento para lembrar que o Brasil tem ainda um longo percurso a avançar no que se refere à alfabetização. Isso porque dados de 2022 mostram que o Brasil tem cerca de 5,6% de sua população analfabeta, levando em consideração a população com mais de 15 anos de idade.|1|

Apesar de o analfabetismo estar em queda no Brasil, ainda há muito espaço para avanço, uma vez que dados de 2021 mostram que cerca de 11,4% da população brasileira é analfabeta funcional.|2| A data serve, portanto, como momento para denunciar esses dados em nosso país e de pressionar o poder público para estabelecer políticas públicas de alfabetização da população brasileira.

Lembrando que o desenvolvimento educacional no Brasil e a consequente queda nos índices de analfabetismo em nosso país passam também pela valorização dos cursos de licenciatura, cada vez mais abandonados, e pela valorização do profissional responsável pela alfabetização, isto é, o professor.

Essa valorização parece óbvia, mas não é a realidade brasileira, infelizmente. Isso porque dados de 2023 mostram que os profissionais de ensino e profissionais do ensino fundamental estão entre as 10 profissões, com ensino superior, mais mal pagas do Brasil. A melhoria na educação do Brasil passa pela valorização do professor, um cenário ainda muito distante do que vemos.”

Compartilhe:

Leia mais

Investimentos da Apple na Bahia
PRF
Processo contra deputados
Demarcação terra indigena
Acao MPF
Bicho preguiça resgatado
Cumprimento mandados
Estudo de potencial
Sac Movel
Recursos assentamentos capa
Hospital Costa das Baleias capa
Policia Civil

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023 ©. Todos os direitos reservados

Rede Sul Bahia de Comunicação - 2023
© Todos os direitos reservados